Filhos e correligionários cobram elucidação da morte de Chico Riograndense

Morte e mistério

Já se passaram 40 dias do misterioso assassinato do ex-prefeito de São José dos Basílios, Francisco Pereira de Sousa, conhecido como Chico Riograndense, morto a tiros no dia 7 de janeiro, na altura do povoado Poção. O crime até hoje não foi solucionado.

Esse crime provocou todo tipo de especulação na imprensa, mas a polícia até hoje não conseguiu descobrir quem são os assassinos e mandantes. Quarenta dias depois, o deputado Afonso Manoel, embora destacando a presteza e transparência com que foi recebido junto com a família pelo secretário de segurança, Aluísio Mendes; a delegada encarregada do caso, Cristina Menezes, e o secretário adjunto, cobrou da tribuna, em nome da família, uma solução para o caso.

O deputado destacou que Chico Riograndense, pai de nove filhos, alcançava, quando foi morto, a maioria absoluta nas pesquisas de intenção de votos para a eleição naquele município. Detalhou que recebeu telefonema de uma filha do ex-prefeito que, em lágrimas, disse não se importar que classifiquem seu pai de bandido, que digam que morreu em virtude de dívidas com agiotas ou porque matou alguém. O que a família quer é que o crime seja solucionado, não importando as consequências.

Esse é mais um episódio a chamar a atenção para o fato de que a pistolagem voltou a reinar no Maranhão, e dá para lembrar os dias terríveis que o estado viveu quando o crime organizado dominava diversos setores da atividade pública e a impunidade campeava protegida pela omissão das autoridades.

Crimes sem solução, arquivados, esquecidos, principalmente com características irrefutáveis de encomenda, depõem contra a segurança pública e a efetividade da Justiça. Um homem foi morto, a família dele precisa de respostas, mas, pela demora e pela falta de notícias em torno do assunto, parece que será mais um assassinato a constar no arquivo morto dos crimes insolúveis do Maranhão.

(JM Cunha Santos do Jornal Pequeno)

Sobre São José dos Basílios

A equipe de autores deste blog são os(as) pacato(as) cidadãos(ãs) de São José dos Basílios que moraram/moram na cidade, mas que vivem inconformados com os desmandos que ocorrem na sociedade local, temos a pretensão de ser advogados do povo desfavorecido e que oferecem este espaço para informar os leitores locais, maranhenses e brasileiros sobre atualidades locais e regionais, fatos noticiosos que geralmente não são divulgados na grande mídia do clã Sarney.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s