CENTRAL DO MARANHÃO, O RETRATO DO DESCASO, O RESULTADO DE MAIS DE 50 ANOS DE DOMÍNIO DA FAMÍLIA SARNEY

Um município jogado pras cobras. Éassim o Município de Central do Maranhão a 380 Km de São Luis. 

A cidade completamente abandonada, sem infraestrutura, sem saneamento básico e de um povo sem perspectiva.

 

Os jovens, a maioria deixando a cidade por não encontrar esperança de sobrevivência, o destino como sempre o Estado de São Paulo, mas agora Brasília se tornou o novo rumo dos centralenses.

 Veja estas fotos, de um Projeto do Governo Federal no valor quase quinhentos mil reais, que foi feito 

dentro do mato e tem apenas uns cinquenta metros de extensão. Para o valor que foi pago, é muito pequeno. 

Talvez você ler isso e se pergunta,porque isso ainda acontece? Eu respondo, é porque não tem prefeito, vive no abandono.

 

 

Uma cidade onde um professor vai pra sala de aula, com apenas cinco alunos, no meio de mais de 4 mil habitantes?É porque não tem nenhum incentivo para ir á escola.

 

Uma cidade que não tem um complexo esportivo, é porque o gestor não se conscientizou que o maior programa de inclusão social é a pratica de esporte.

O estádio da cidade esta abandonado, as três quadras também, então os jovens sem nada para fazer vão para o caminha errado, o uso de drogas é tremendo, ao céu aberto e á luz do dia, assaltos são frequentes, isso em uma cidade de apenas 4 mil habitantes.

 

Em Central do Maranhão os professores não receberam abono salarial, alguns estão desde dezembro sem receber salários. Alguns trabalhadores contratados, não receberam o 13° salário.

 

Os agentes de saúde do Município de Central do Maranhão, são os únicos do país que recebem menos um salário mínimo por mês.

 

O mais grave é que a Prefeitura divide um salário mínimo para duas pessoas, que trabalham na mesma função, como vigia de poço artesiano e estádio de futebol. 

Esta outra foto é da feira livre da cidade, uma das mais antigas do estado, completamente abandonada, quem vende farinha tem que colocar ao solo, alimentos são comercializados sem nenhumacondição de higiene, tudo exposto, carne, peixe, camarão. Etc.(Título alterado. Original: Central do Maranhão terra de ninguém)

São José dos Basílios, logo na entrada o sinal da

O desabafo do colega Nildo Costa se restringiu em culpar apenas o poder público municipal, mas é preciso ver que tudo isso acontece por causa do mal exemplo que vem do governo estadual, dominado por uma oligarquia perversa que reina a mais de meio século em nosso estado. Central do Maranhão não muito diferente da grande maioria dos pequenos municípios maranhenses, os chamados “grotões”, espalhados em todas as regiões. Eu conheço vários!

Por exemplo: São José dos Basílios, localizado na região central do estado. Pensem num município onde domina o coronelismo e a política patrimonialista. Imaginem onde uma oligarquiazinha local confunde o público com o privado,  através do medo da violência manieta  a população ou comprando consciencias com migalhas. Lá também, colega Nildo, a prefeitura divide um salário mínimo para duas ou mais pessoas.

 

 

Praça central de São José dos Basílios

Pra se ter uma ideia, o atual prefeito Walter Riograndense vai ser julgado dia 11 em processo que pede a sua cassação por compra de votos no pleito passado. Walter chegou a ser preso em flagrante na véspera da eleição, mesmo assim pagou fiança e ainda concorreu. Uma lástima para a democracia!

Nesses lugarejos, que se apelidam de cidades, imitando o poder estadual pequenas oligarquias dominam baseados na compra do voto, do favor, de uma política tacanha ás custas da miséria e da ignorância do povo. Só tem uma saída: não vender o voto!

Primeiro agora em 2014, fazer uma alternância de poder, aposentar todos aqueles que rezam na cartilha sarneysista, depois em 2016 escolher  nesses municípios novas lideranças ou empoderar aqueles que durante décadas lutam pelas mudanças. Dai então poderemos com mais facilidade buscar a felicidade do povo maranhense.

Sobre São José dos Basílios

A equipe de autores deste blog são os(as) pacato(as) cidadãos(ãs) de São José dos Basílios que moraram/moram na cidade, mas que vivem inconformados com os desmandos que ocorrem na sociedade local, temos a pretensão de ser advogados do povo desfavorecido e que oferecem este espaço para informar os leitores locais, maranhenses e brasileiros sobre atualidades locais e regionais, fatos noticiosos que geralmente não são divulgados na grande mídia do clã Sarney.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s